Search

Convergência Harmônica 2020

A Convergência Harmônica é o nome dado à primeira meditação global da paz sincronizada do mundo, que ocorreu de 16 a 17 de agosto de 1987. Esse evento também coincidiu estreitamente com um excepcional alinhamento de planetário.

Embora o evento tenha sido previsto pelo autor Tony Shearer em seu livro Lord of the Dawn (1971), os principais organizadores, do evento, foram José Argüelles e sua esposa Lloydine Burris Argüelles via Planet Art Network (PAN), um movimento de paz que eles fundaram em 1983.

Argüelles emitiu o chamado para que 144.000 pessoas meditarem simultaneamente em sítios sagrados ao redor do mundo, para estabelecer um receptáculo planetário que ativassem uma nova rede harmônica.

Ele previu que com um número suficiente de humanos sincronizados numa intenção de paz, as benevolentesinteligênciasgalácticaspoderiamtransmitirumacomunicaçãoatravés de raios de alta freqüência, para catalisar o campo mental do planeta e instalar uma nova rede harmônica.

Isso ativaria um novo campo planetário de confiança e iniciaria a passagem do conflito competitivo para um tempo de cooperação colaborativa. Ele vislumbrou este momento como o primeiro passo para a transição da nossa civilização de um estado militar de terror para uma “sociedade planetária desindustrializada, descentralizada e pós-militar”.

Nesta visão, todas as estruturas políticas e governamentais seriam substituídas por um vasto número de células locais e biorregionais. Ele criou planos para desarmar usinas nucleares e todas as indústrias e tecnologias de armamento relacionadas, bem como a implantação de novas tecnologias e programas para a reeducação de trabalhadores.

Ele imaginou que até 2013, na sincronização galáctica, a humanidade teria evoluído para seres possuidores de tecnologias brilhantemente simples, ainda que sofisticadas, baseadas na combinação das freqüências solares e psíquicas.

Neste estágio, a rede planetária estaria operando com tecnologias livres de poluição, e a “maioria dos humanos vivendo com conforto em pequenos grupos biorregionais, unidos como nós de informação em um sistema de comunicações finalmente livre de cabos”.

Ele visualizou a transformação da tecnologia através do reconhecimento de que nossos corpos (quando ativados em sua capacidade bioeletromagnética completa) são a melhor e mais sofisticada tecnologia que existe. Ele levou adiante a idéia de o Corpo Humano, uma vez desperto e ativado propriamente, é o caminho além da tecnologia e o real significado do retorno Maia Galáctico.

Todo o seu trabalho subseqüente teve como propósito o realinhamento harmônico do humano, do planeta e do cosmos, bem como as práticas e códigos para ligar a nossa tecnologia esquecida através da ciência do tempo dos Maias Galácticos com a simples aplicação diária do calendário de 13 Luas.

“O retorno da humanidade a um estado de ser planetário ligado por um único padrão de tempo, a freqüência natural e universal de sincronização, significa que a mente humana e o espírito poderão novamente estar sintonizados a uma percepção de harmonia e de unidade com a Natureza.” –José Argüelles/ValumVotan

De acordo com a interpretação de Shearer da cosmologia asteca, a data selecionada marcou o fim de vinte e dois ciclos de 52 anos cada, ou 1.144 ano são todo.

Os vinte e dois ciclos foram divididos em treze ciclos "celestiais", que começaram em 843 dC e terminaram em 1519, quando os nove ciclos "infernais" começaram, terminando 468 anos depois em 1987. O início dos nove ciclos "infernais" Foi precisamente o dia em que Hernán Cortés desembarcou no México, em 22 de abril de 1519 (coincidindo com "1 Reed" no calendário asteca / maia, o dia sagrado ao herói cultural mesoamericano Quetzalcoatl). Os nove ciclos infernais de 52 anos terminaram precisamente em 16 e 17 de agosto de 1987. Shearer apresentou às datas e a profecia a Argélia em 1970, e finalmente as cooptou e criou o nome Convergência Harmônica como o título público do evento. .

O momento da Convergência Harmônica foi supostamente significativo no calendário maia, com alguma consideração também sendo dada às tradições astrológicas europeias e asiáticas. As datas escolhidas têm a distinção de supostamente marcar um alinhamento planetário com o Sol, a Lua e seis dos oito planetas sendo "parte do grande trígono". Embora Arguelles eventualmente tenha ligado o momento da Convergência Harmônica com sua compreensão do significado dos calendários maias, as próprias datas foram derivadas não da cosmologia maia, mas das profecias astecas reconstruídas de Tony Shearer.

A próxima convergência harmônica prevista (alinhamento de planetas) ocorreria em 3 de março de 2019.

Agora estamos em uma nova etapa de evolução do nosso planeta a Ascensão planetária, e novamente fomos convocados para nos unir em meditação mundial, intencionando paz, ascensão e restabelecimento da comunicação e conexão com nossa família cósmica. O evento começou no ultimo dia 05/07/20 e estarão correndo ate dia 14/07/20. Sentiu o chamado? Junte-se a nós.

As meditações estão disponíveis em nosso canal no Youtube.

Aho,





0 views

Get in touch

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Social media

Follow us: